Reeducação Alimentar

Reeducação Alimentar em 10 Passos

Os 10 passos para alcançar a reeducação alimentar.

A busca pela reeducação alimentar é a primeira atitude da pessoa que deseja uma vida mais saudável sem, necessariamente, perder peso. No entanto, é seguro dizer que uma está completamente atrelada a outra.

A reeducação alimentar envolve um processo lento, gradual e completamente satisfatório, muito pela percepção de benefícios futuros que se nota ao iniciar esta nova fase da vida.

E é como ela deve ser vista: como uma nova fase da vida. Uma maneira de recomeçar, partir do zero e buscar mais qualidade de vida. Uma vida saudável e cômoda com o próprio corpo.

Existem alguns passos que instruem essa reeducação, não sendo necessário um ponto de partida abstrato para início.

Alimentação balanceada, força de vontade e bons exercícios, ser perseverante e confiar na determinação. É isso que faz as dietas darem certo.

Há um começo, meio e fim da reeducação alimentar, basta força de vontade para chegar até o fim. Ao final, você notará cada um dos inúmeros benefícios proporcionados por essa mudança de vida.

Uma mudança que pode aglutinar inúmeros benefícios impensáveis ao início do processo. Quando o objetivo era apenas trazer refeições mais nutritivas para o cotidiano alimentar.

Assim, neste artigo, trataremos de apresentar os 10 passos para uma reeducação alimentar de sucesso. Por uma vida mais saudável e um bem estar acima da média. Confira!

10 passos rumo à reeducação alimentar.

A reeducação alimentar pode ser um processo árduo, e por vezes estressante. Afinal, cortar as guloseimas prediletas pode ser uma tarefa bastante difícil.

O estímulo da serotonina provocado pelo açúcar é algo a deixar para trás, neste momento. O pensamento é focar no prazer em longo prazo, e não mais apenas após comer um pedaço de bola.

Passo 1: Reaprendendo a se alimentar

A comida possui duas funções bem claras: prazer e saúde. Quando falamos em prazer, é inerente tratar de comidas saborosas e recheadas de gordura.

Já quando mencionamos a saúde, foca-se demasiadamente nos nutrientes. Bom, nenhuma função deve se sobrepor a outra. Apesar de difícil, é necessário equilibrar as forças, para assim encontrar um meio termo.

Passo 2: O começo não deve esperar

O plano de reeducação alimentar não precisa esperar um dia par, ímpar ou início de mês. Ao decidir pela reeducação, já é possível dar início a esta nova fase.

O clichê do não deixe para fazer amanhã o que se pode fazer hoje se encaixa muito bem no Passo 2 da reeducação. Comece hoje, comece agora mesmo.

Passo 3: Evite conflitos internos consigo

Admita seus sentimentos por si. Não adianta de nada tentar se convencer de que está bem quando na verdade não está.

Conheça-se e perceba seus sentimentos reais por si mesmo.

Passo 4: Aponte os erros da alimentação

A rotina alimentar necessita que estes erros sejam apontados. Isso porque é necessário perceber os erros para ter o poder de consertá-los.

Quando se sabe quais são os erros (exagerar na sobremesa, fazer lanchinhos em demasia, por exemplo) o conserto é mais rápido e prático.

Passo 5: Reeducação Alimentar exige calma e perseverança

Não é necessário ter pressa para alcançar objetivos. Logo cedo, a concentração estará em apontar os erros e, gradativamente, rumar em direção à vida saudável. É um processo que exige paciência.

Passo 6: De olho na mastigação

Tem o costume de mastigar muito rápido? Bom, esse é um dos motivos para a alimentação também ser considerada ruim.

O processo de mastigação precisa ser lento e responsável. Isso porque a quantidade de mastigadas envia uma mensagem para o cérebro que a recebe e, assim, controla a saciedade.

Passo 7: Bebendo muita água

Como também sucos naturais. Opte pelo natural, sempre. Mas a água, em todo o caso, é o mais importante. Faça uma rotina para a ingestão de líquidos constantemente.

Todo mundo sabe da necessidade de ingerir água, pelo menos 2 litros, todos os dias. Mas quem disse que nos lembramos disso?

Beber água é de suma importância. A ingestão de água dá a sensação de saciedade, não engorda e acelera o metabolismo. A água também melhora a aparência da pele e saúde no geral.

Separe, se possível, uma garrafinha para ser sua companheira diária. Tome alguns goles sempre que olhar para ela, e lembre-se de enchê-la pelo menos 4 vezes por dia.

Passo 8: Intervalos de consumo

Elabore um plano de cardápio em que a ingestão só pode ser realizada em específicos horários. Uma dieta fracionada com alimentação programada para intervalos de quatro em quatro horas é uma excelente ideia.

Controla-se o consumo em curto prazo, e regula a fome em longo prazo.

Ou seja; tenha de 5 a 6 refeições por dia e verá que não haverá espaço para empanturrar-se.

Passo 9: Reeducar, trocar e aprender

Saiba fazer boas substituições da dieta anterior para a nova dieta. Reeducar também é aprender, que consequentemente imperará na troca de alimentos.

Portanto, ao invés de comer uma torta de chocolate de sobremesa, improvise e seja criativo ao preparar uma deliciosa salada de frutas. Nas refeições, procure também comer fibras, elas são ótimas na reeducação alimentar.

Tenha objetivos reais, um dia de cada vez, de quilinho em quilinho e devagar e sempre, tudo com um pouco de calma e paciência dá certo.

Passo 10: Procure um profissional da nutrição

O nutricionista terá as portas abertas para dúvidas a serem tiradas. Com o auxílio deste importante profissional, será possível saber todos os atalhos para atingir a reeducação alimentar da melhor forma possível.

Reeducação alimentar: um processo longo, almejando o futuro.

Mesmo que seja longo, o processo é extremamente prazeroso. Reeducar a alimentação é muito mais do que apenas focar em perder peso, é focar na qualidade de vida e na longevidade.

Almejando um futuro próspero e saudável, a reeducação alimentar é, sem dúvidas, o principal fator para a mudança de vida.

Através destes 10 passos para alcançar a reeducação alimentar, o seu corpo agradecerá, sua saúde aplaudirá e sua qualidade de vida, sem dúvidas, aumentará.

 

Sobre o Saúde em Dicas

 

SEJA UM PARCEIRO DO SAÚDE EM DICAS – SAIBA MAIS!

Deixe uma resposta