dentes de leite

Dentes de Leite | do Choro a Solução

A curiosidade sobre os dentes de leite, em foco.

Quem nunca teve a curiosidade de saber quantos dentes de leite tem na boca de um bebê? Veja a resposta e algumas dicas também. Eis o assunto de hoje no Saúde em Dicas!

O primeiro conjunto de dentes do bebê, ou os dentes de leite como são chamados, são vinte no total. Eles geralmente aparecem em pares, sendo os do maxilar inferior os correspondentes da parte superior.

O primeiro dos dentes de leite geralmente cai em torno do sexto ou sétimo mês. E o último do conjunto, em vários períodos, do vigésimo ao trigésimo mês.

Assim, todo o período ocupado pela primeira dentição pode ser estimado em um ano e meio para dois anos.

O processo varia, no entanto, em indivíduos diferentes, tanto quanto a toda a duração, quanto aos períodos e ordem em que os dentes aparecem.

O desenvolvimento dos dentes de leite é um processo natural.

No entanto, com muita freqüência, é um processo doloroso e difícil, por erros no manejo do regime e saúde da criança.

Isso, antes do processo de dentição inicial e durante o crescimento dos dentes.

Assim, principalmente em consequência de uma gestão prejudicial, é o período mais crítico da infância.

Não acredito que a taxa da mortalidade infantil seja influenciada por qualquer coisa relacionada ao fator dentição.

Ainda assim, ninguém duvida que a primeira dentição seja freqüentemente um período de grande perigo para a criança.

Torna-se, portanto, uma questão muito importante para uma mãe ansiosa e carinhosa, cuidar para reduzir ou minimizar os perigos e as dificuldades da dentição infantil.

Algumas dicas sobre este assunto, então, podem ser úteis.

Devo considerar, primeiro, os cuidados com a criança, quando a dentição é realizada sem dificuldade;

Em segundo lugar, a gestão da criança quando é atendida com dificuldade.

Cuidados com criança na primeira dentição 

No filho com uma constituição saudável, que tem sido corretamente e naturalmente alimentado, apenas no leite materno, os sintomas que acompanham a dentição serão do tipo mais leve e os cuidados com o bebê mais simples e fácil.

Sintomas:

– Os sintomas da dentição natural (como pode ser chamado) são:

  • Fluxo aumentado de saliva, com inchaço e calor das gengivas e, ocasionalmente, rubor das bochechas.
  • A criança freqüentemente põe dedos, ou qualquer coisa ao seu alcance, na boca.
  • Sua sede é aumentada, e leva o peito por períodos mais curtos do que o habitual.
  • Fica inquieto e com ataques súbitos de choro e ocasionalmente começando pelo sono.
  • Ligeira tendência ao vômito e até mesmo a diarreia, não são incomuns.

Muitos desses sintomas geralmente precedem a aparição do dentes por várias semanas, e indicam que a “criação dos dentes” está acontecendo.

Nesses casos, os sintomas desaparecem em alguns dias, para repetir novamente quando o dente se aproxima da superfície da gengiva.

 

Cuidados na fase dos dentes de leite:

Os cuidados com a criança neste caso é muito simples e raramente requer a interferência ou assistência do médico pediatra.

  • Com a criança calma e bem relaxada, abrir a boca suavemente e massagear as gengivas com óleo de mamona;
  • Após um banho morno e demorado, esfregar a superfície do corpo com uma flanela macia pelo máximo de tempo possível. O atrito é muito útil para deixar a criança calma e relaxada.
  • O peito deve ser dado com mais freqüência, mas não por muito tempo, para não sobrecarregar o estômago. Dessa forma a sede ficará aliviada, as gengivas ficarão úmidas e relaxadas, e o bebê menos irritado.
  • A mãe também deve cuidar atentamente da sua própria saúde e dieta, evitando todos os alimentos ou bebidas estimulantes.

A partir do momento em que a dentição começa, a pressão sobre as gengivas será agradável para a criança, entorpecendo a sensibilidade e acalmando a dor.

Para este efeito, o atrito suave das gengivas, é agradável ao bebê. Como parece ter algum efeito em aliviar a irritação, pode ser freqüentemente usado.

Na França, é prática mergulhar a raiz de alcaçuz, e outras substâncias, em mel ou açúcar em pó.

Na Alemanha, uma pequena sacola, que contém uma mistura de açúcar e especiarias, é dada ao bebê para chupar, sempre que fica inquieto e desconfortável durante a dentição.

O uso constante, no entanto, de ingredientes doces e estimulantes deve prejudicar o estômago e torna seu emprego censurável.

E você? Conhece alguma dica de remédio caseiro ou remédio natural para os desconfortos provocados pela dentição?

Ou quem sabe uma outra dica relacionada a fase dos dentes de leite, que possamos postar aqui no Saúde em Dicas?


Gostou desse post?

Deixe seus comentários, dicas e ou sugestões abaixo.

 

ASSINE O BLOG E RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

 

 

Sobre o Saúde em Dicas

 

SEJA UM PARCEIRO DO SAÚDE EM DICAS – SAIBA MAIS!

Deixe uma resposta