Medicina alternativa

As Raízes da Medicina Alternativa

Medicina alternativa e sua história.

Tanto a Medicina alternativa quanto a medicina moderna têm entre si muitas diferenças, mas quem pode dizer com certeza absoluta qual delas é a melhor? 

Hoje, esperamos médicos e medicamentos para corrigir o que quer que nos aflige instantaneamente. Mas os médicos apenas olham para o problema físico atual ao diagnosticar nossas necessidades.

A Medicina alternativa ou holística (ver significado), por outro lado, leva muitos fatores diferentes em consideração antes de prescrever uma cura.

Este tipo de cura tem sido usado por milhares de anos e pode ser muito eficaz. É uma terapia alternativa que se preocupa não só com o problema físico, mas com os problemas do eu “todo”.

A Medicina alternativa inclui massagem, terapia, chá de ervas, fitoterapia e milhões de pessoas ainda hoje usam esses tipos de tratamentos em vez de optarem pela medicina moderna.

Diferentes culturas tiveram seus próprios tipos específicos de medicina alternativa e muitos tipos diferentes de tratamentos. Muitos destes tratamentos sobreviveram e ainda são eficazes até os dias de hoje.

Na verdade, a massagem, que muitas pessoas juram pelo mundo moderno é uma das formas mais antigas de medicina alternativa. Os registros sobre a massagem terapêutica datam de volta ao antigo Egito.

 

A Medicina alternativa no decorrer da história

Segundo a Wikipédia, o termo Medicina alternativa ou terapia alternativa é comumente usado para descrever práticas médicas diversas da medicina convencional, que é prioritariamente baseada em evidência. Ela difere também das medicinas antigas baseadas em tradição.

A história da medicina alternativa na região oeste do globo, remete para cerca de 2300 anos atrás. Na região este, remete para mais de 6000 anos atrás.

Os conceitos de medicina alternativa são mencionados nas antigas escrituras da Índia, China e Egipto. E também na maior parte das civilizações antigas da História do planeta Terra.

Esse tipo de medicina era praticada na Mesopotâmia.

Uma placa de pedra suméria datada de 2150 a.C. mostra que os médicos da época prestavam os primeiros socorros lavando e ligando os ferimentos aplicando emplastros feitos com ameixas, pinheiro e excrementos de lagarto.

O uso da Medicina alternativa

Na Europa antiga havia dois tipos de curadores, os médicos profissionais e os curandeiros. Os curandeiros viviam na classe baixa e curavam as pessoas de cada aldeia que não podiam pagar os caros médicos.

Essas pessoas acreditavam no tratamento popular e funcionou muito bem para eles, e por muito tempo, diga-se de passagem. Este tipo de situação também ocorreu em muitas outras culturas.

Na cultura ocidental, a Filosofia foi freqüentemente usada para ajudar os curandeiros em sua busca de um tratamento holístico.

A filosofia era importante porque contava as histórias de suas vidas. Com uma torção de filosofia e religião, bem como a crença, eles facilmente encontravam o melhor tratamento disponível para o indivíduo que estava doente, os moradores da época.

Temos agora uma forma mais avançada ou instantânea de tratamento médico, mas a medicina alternativa ainda pode ser muito eficaz.

Massagem, aromaterapia, acupuntura, ervas, terapia de humor, meditação e muitas outras formas de cura holística são usados ? Todos os dias.

Na verdade, alguns desses tratamentos tornaram-se tão populares que não são mais considerados medicina alternativa. E muitos desses tratamentos naturais são agora apoiados por médicos modernos.

 

E você? Conhece benefícios da medicina alternativa que não foram citados aqui?

Ou quem sabe uma outra dica bacana que possamos postar aqui no Saúde em Dicas?


Gostou desse post?

Então deixe seus comentários, dicas e ou sugestões abaixo.

 

ASSINE O BLOG E RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

 

 

Sobre o Saúde em Dicas

 

SEJA UM PARCEIRO DO SAÚDE EM DICAS – SAIBA MAIS!

Deixe uma resposta